Progression:

Software para construção de intervalos variáveis de reforço.

Progression foi programado em VB.NET e é executável em microcomputadores do tipo PC em ambientes Windows®.

progression1-126x300 Software ProgressionCom ele é possível gerar uma distribuição de valores a partir das fórmulas de progressão de Fleshler e Hoffman (1962) e de Catania e Reynolds (1968) para compor um programa de reforço em Intervalo Variável (VI). Estas progressões são importantes porque a distribuição dos reforçadores em um VI afeta a taxa local de respostas (Zeiler, 1977; Catania & Reynolds, 1968). Tanto Fleshler e Hoffman (1962) quanto Catania e Reynolds (1968) apresentaram equações matemáticas a partir das quais se pode criar um programa de reforço em VI no qual o reforço ocorre com uma probabilidade razoavelmente constante como função do tempo desde o último reforçador liberado. Nos valores gerados por estas equações a frequência relativa de intervalos diferentes é mantida constante enquanto a separação temporal de oportunidades sucessivas de reforço é variada.

O Progression é bem simples de utilizar. Faça o download do arquivo (o link está no final desta página) e instale o programa em seu computador. A tela de interface com o usuário é mostrada na Figura 1. O usuário deve entrar com o valor do VI e a quantidade de elementos (i.e., quantidade de valores diferentes) que a progressão deve ter. Marcar qual a progressão que deve ser calculada e clicar no botão [Calculate]. Pronto! Os valores aparecem em suas respectivas janelas. Você pode salvar os valores em um arquivo de texto (.txt). Para isso basta clicar no botão [Save As].

Pessôa e Buffara (2005) oferecem uma solução interessante para a construção de intervalos variáveis de reforço: a apresentação de um algoritmo matemático simples que pode ser utilizado em planilhas eletrônicas do tipo do Excel®.

Embora as progressões de Fleshler e Hoffman (1962) e de Catania e Reynolds (1968) tenham sido originalmente elaboradas pelos autores para gerar valores para programas de VI, os valores gerados podem ser utilizados para gerar valores que são utilizados em programas de razão em vez de intervalo (Lattal, 1991).

Referências bibliográficas:

Catania, A. C. & Reynolds, G. S. (1968). A quantitative analysis of the responding maintained by interval schedules of reinforcement. Journal of the Experimental Analysis of Behavior, 11(3), 327-383.

Costa, C. E. & Banaco, R. A. (2002). ProgRef v3: sistema computadorizado para a coleta de dados sobre programas de reforço com humanos – recursos básicos. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, 4(2): 171-172.

Costa, C. E. & Banaco, R. A. (2003). ProgRef v3: sistema computadorizado para a coleta de dados sobre programas de reforço com humanos – recursos adicionais. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, 5(2): 219-229.

Fleshler, M. & Hoffman, H. S. (1962). A progression for generating variable-interval schedules. Journal of the Experimental Analysis of Behavior, 5(4), 529-530.

Lattal, K. A. (1991). Scheduling positive reinforcers. Em: H. Iversen & K. A. Lattal (Eds.), Experimental Analysis of Behavior, Part 1 (pp. 87-134). New York, NY: Elsevier Science.

Pessôa, C. V. B. & Buffara, A. C. L. (2005). Construção de intervalos variáveis de reforçamento em planilha eletrônica de cálculo. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, 7(1): 133-136.

Zeiler, M. (1977). Schedules of reinforcement: the controlling variables. Em: W. K. Honig & J. E. R. Staddon (Eds.),Handbook of Operant Behavior (pp. 201-232). New Jersey: Prentice Hall.


Download

downdrv Software Progression Download Progression (Última atualização em: 29/05/2016).

OBS: Caso você tenha algum problema com o download, envie um e-mail informando a ocorrência.